14 outubro 2007

Vendedores de depilatórios, arrumadores de cinema e portageiros


O congresso do partido sem ideologia, sem ideias e sem programa está a exibir em todo o esplendor o afundamento da dita classe política - cada vez mais sem classe e sem utilidade - que atinge a terceira geração sob o regime. De desclassificação em desclassificação, chegamos a este ponto sem regresso, entregues a fulanos e fulanas de vão-de-escada, semi-letrados e apenas mobilizados pela busca de uma nesga de notoriedade, de um lugar ou de uma promessa de favor. Sigo, aterrado, o tropel da jogatana, de exibicionismo alarve e falência que por ali vai. A Terceira República vai mal; antes, está comatosa. Se ao menos houvesse um De Gaulle; mas não, como sempre aconteceu, o regime cairá de podre às mãos de betas e logo virá um novo regime. A esse regime colar-se-ão os adesivos, os trânsfugas e os parasitas do erário do Estado. E assim continuará a vil tristeza em que o país escolheu viver.

Sem comentários: