30 agosto 2007

Faz hoje 33 anos, com champanhe e tudo...


...que sobrevoei pela primeira vez as terras do Portugal europeu. Fazia um sol esplendoroso e o Comandante até mandou abrir uma garrafa de champanhe em simpática atenção para com o miúdo que ali em plenas núvens celebrava o aniversário natalício. Lembro-me da grandeza da ponta de Sagres, expressão de tudo o que aprendi a respeitar. Meia hora depois eclipsara-se a África Minha e em plena Portela tivemos de aturar um labrego barbudo e carregado de um ódio puro que jamais esquecerei. Foi assim que entrei na pátria dos meus bisavós e trisavós, então já nas garras de Cunhal e Otelo. Faz 33 anos e a minha memória repete instante a instante a descida do paraíso. Desde esse dia nunca mais liguei ao dia do meu aniversário.

"To take me home
What joy shall fill my heart
Then I shall bow in humble adoration
And there proclaim my God how great thou art"


How Great Thou Art (Elvis Presley)

Sem comentários: