15 julho 2007

[União Nacional] Socialista


O excursionismo caciquista volta em força, fazendo jus às advertências de quantos experimentam o déjà vu de um país manipulado, condicionado e abusado a extremos infantilizadores dignos do mais profundo terceiro-mundismo. O excursionismo, que rima ora com caudilhismo, ora com populismo, é uma das muitas indignidades da partidocracia. Aquela gente rural e quase medieval arrebanhada nas aldeias e trazida pelo PS a Lisboa com a promessa de uma sandwich de queijo e umas cervejas, vem evidenciar o comatoso estado a que chegou o regime, incapaz de um mínimo de decência e afanosamente trabalhando para a total descredibilização da democracia e da cidadania.

Sem comentários: