25 junho 2007

Máquina de morte



Enemy at the Gates (2001)

Catherine Merridale continua por publicar entre nós.
Trata-se, inquestionavelmente, da mais empenhada historiadora no estudo e denúncia do duradouro regime genocida soviético, responsável pela morte de 55 milhões de seres humanos.

Sem comentários: