22 abril 2007

A coisa está a mudar


A direita necessária - aquela que pode operar rupturas consequentes - venceu e passa à segunda. O centrão ambíguo - o que queria o " modelo social francês" com cosmética - não convenceu. A esquerda instalada - a do subsidiarismo e da conservação dos privilégios - reuniu o pleno da oligarquia mais os peticionários do trigo do Estado. A direita extrema - que perdeu novidade e espaço - recuou. A bipolarização - entre o velho e o novo - vai decidir o destino da França em Maio.

Sem comentários: