04 setembro 2006

Os Firangis na Chancelaria Mogol


A obra, com minuciosas notas e estudo introdutório de António Vasconcelos Saldanha e Jorge Flores, foi publicada em 2003, mas só agora chegou às minhas mãos. Comprei-a no sábado, passado toda a tarde de domingo encantado com a magnificência da corte mogol do grande Akbar, uma máquina inextrincável de burocracia e rituais de aparato. Surpreendeu-me, porém, o interesse genuíno do grande monarca "universal" pela cultura cristã, uma quase reverência pelo saber e autoridade intelectual dos padres de Companhia de Jesus e uma quase vaidade em relacionar-se com os Portugueses. Temas hoje tão caros à sensibilidade pós-moderna - o diálogo inter-civilizações, o ecumenismo, a tolerância, o relativismo dos valores - assomam aos lábios do grande imperador muçulmano com uma surpreendente actualidade. Comprem e deliciem-se.
SALDANHA, António Vasconcelos; FLORES, Jorge
Os firangis na chancelaria Mogol: cópias portuguesas de documentos de Akbar (1572-1604). Nova Deli: Embaixada de Portugal, 2003

1 comentário:

Sisyphus disse...

Queria comprar este livro, mas não o consigo encontrar em lado nenhum!

Alguma sugestão?

Obrigado!