16 setembro 2006

Morreu Oriana

Grande, temível, bela, Oriana foi uma força da natureza. Lembro-me do efeito provocado pelas Entrevistas com a História, da frontalidade com que depenava os homens mais temidos do seu tempo, mas lembro, sobretudo, essa quase suicida coragem em declarar guerra ao fundamentalismo e à barbárie. Oriana nunca deixou ninguém indiferente. Vai com Deus, Oriana !

Sem comentários: