30 setembro 2006

Da melhor prosa

YUSSUPOV E OS CIGARROS DO MEU AVÔ

Sem comentários: