06 agosto 2006

Em nome de Deus

Bamyan: em 45 segundos destruída a memória de 2000 anos. Fariam o mesmo em Chartres, em S. Pedro e na Acrópole

Sem comentários: