22 maio 2006

Morreu, finalmente, a macabra obra de Wilson


Aplausos para o valoroso povo montenegrino, que se libertou de vez desse espectro chamado Yugoslávia inventado em Versalhes pelo famigerado Wilson, o tal que queria livrar a Europa de futuras guerras e adubou o mar revolto de injustiças que trouxe a Segunda Guerra Mundial. O bom czar Nikolas I, que valorosamente entrou na guerra em 1914, esperando livrar o seu pequeno povo dos Habsburgos de Viena, e que seria traído miseravelmente pela hipocrisia dos senhores diplomatas em 1919, deve estar a dar cambalhotas de satisfação no túmulo. Com a Croácia, a Eslovénia, a Eslováquia, a República Checa, a Estónia, a Letónia e a Lituânia independentes, livres e democráticas, acabaram-se as razões para guerras "nacionalistas" na Europa. Só se a Alemanha ainda quiser desenterrar velhas questões com a Polónia e com os checos...
Ver mais no Insurgente.

Sem comentários: