12 abril 2006

Viver 150 anos


A medicina anda atrás da biologia. Tanto investimento em geriatria, tanta hormona de macaco, leite de rena, botox, implantes de silicone e colagéneo para nada. Afinal, há entre nós centos, milhares, de Matusaléns que pensam que Marx, Adam Smith, Lenine, Mussolini, Salazar, Mao e Hitler estão vivos ! São avós, bisavós, tetravós de si mesmos, lendo e relendo obras que enchem o vasto cemitério das ideias decompostas, calcificadas e petrificadas de outras eras geológicas da história das ideias. São estas ideias contemporâneas da máquina a vapor, do quinino, das máquinas de costura a pedais, das calças com suspensórios, das lâmpadas de querosene, do evolucionismo darwiniano e do positivismo à Comte. Construir o futuro com ideias velhas, barricar a inteligência, recusar o presente, eis a verdadeira decadência. Na ordem universal, a única ideia sempre jovem é a de humanidade; na ordem social, a de nação e liberdade; na ordem individual, a ideia de felicidade. Tudo o mais são velharias.

Sem comentários: