26 abril 2006

Inquisição, Gestapo e GPU


Uma discussão oportuna, num tempo de equívocos, anacronismos e revivalismos. Sobrelevando a defesa que nesta tribuna se faz do respeito devido à dignidade humana e de todos os valores de civilização, mas sem cedências à lacrimejante deseducação, à amálgama e à propaganda. Um debate em aberto, em que não cabe, decididamente, a manipulação e os desvairados facciosismos analfabetos. O sempre atento e avisado Jansenista atenuou o branqueamento de Gonzaga, Je Maintiandrai deu-lhe moldura de discussão séria, fundamento de toda a luz.

Sem comentários: